A maioria das pessoas estão acostumadas a comprar suas comidas e se alimentarem sem saberem ou estarem conscientes de onde veio aquilo que estão comendo. A verdade é que no mundo de hoje, sobra pouco tempo para perceber a si mesmo e as coisas a nossa volta. E uma das coisas que o veganismo propõe é voltar nossos olhares para aquilo que importa e estarmos mais conscientes das nossas escolhas, podemos escolher o que colocamos nos nossos pratos, podemos escolher a forma como enxergamos o mundo.

O que a maioria não sabe, por não saber ou por escolher não saber, é que a realidade dos animais de abate e de produção é revoltante. Os animais são tratados como objetos, coisas que não são capazes de sentir, que não pensam, cuja única utilidade é servir o ser humano. Eles são desrespeitados, maltratados, espancados, esquartejados, mutilados vivos, nascidos para aquele fim, sem possibilidade ou esperança de terem uma vida tranquila. Suas condições para existir são, confinamento, prazo de validade e crueldade.

O Veganismo propõe o olhar da compaixão, o olhar empático e de se dar a voz àqueles que não podem ser escutados. Através de nossas escolhas e nossos atos podemos mudar a realidade de milhares de seres vivos, além de que nos tornamos seres mais saudáveis com isso. Podemos escolher dizer não a um sistema que já perdeu seu sentido da forma que existe. A indústria da carne e dos derivados, é capaz de fazer qualquer coisa para obter seus lucros e se não se importam com os animais, também não se importaram com você. Pense nisso.

Quando falamos na realidade dos animais é necessário ampliar esse olhar para todos os animais, seres vivos e o planeta também. As industrias não têm limites perante ao que pode ser considerado ético ou não. Os animais da indústria farmacêutica e de cosméticos são sujeitos a testes para saber o que aquilo, que está sendo testado, pode fazer ou não com humanos. Para que se tenha uma falsa sensação de saúde, de bem estar, de estética. Produtos sintéticos, cancerígenos, tóxicos, são vendidos todos os dias e milhões de pessoas compram acreditando estarem mais belos e saudáveis, isso é um engano. Quanto mais nos distanciamos da natureza mais o ser humano permanece sozinho na sua finitude. Somos todos seres finitos e se não aproveitarmos a vida que temos para fazer algo realmente significativo para ajudar nossa comunidade, nosso planeta e nossos irmãos Terráqueos, como poderemos fazer contar nossas vidas?

Somos todos seres de relação em nossa essência, precisamos do outro, precisamos do ambiente, precisamos da natureza, do ar, da água, de alimento, o ser humano não consegue sobreviver sozinho, apenas com ele mesmo, sem nada de suas necessidades básicas e sociais. Olha só onde paramos: estamos acabando com nosso planeta, nossa fauna, nossos recursos naturais. Você pode até adotar um estilo de vida ecológico, mas no final tudo acaba na industria da carne, toda produção de lixo, desmatamento, e desperdício de água. Precisamos de uma ação com o todo, pensando nos animais, na água, no planeta e na nossa existência. Por amor, pela compaixão, pela saúde, pela nossa própria existência. O Veganismo é uma porta que se abre para a realidade, você descobre que somos muito mais capazes e criativos do que se pode imaginar. E se o ser humano existe por alguma razão, deve ser para encontrar formas alternativas de cuidar do todo.

Para começar, vamos assistir alguns documentários para ajudar nosso “Se lançar” para a realidade?

Muitas imagens são chocantes. Se você consume carne, lã, leite&derivados, couro você precisa ter noção das consequências dessa escolha. Se não pelos animais, faça isso para entender o que não está visível na indústria.

Cowspiracy (Netflix) – Trailer Legendado

***A SEGUIR IMAGENS FORTES, FICA O AVISO!!!***

Terráqueos – Vídeo Completo  (Youtube)

A Carne é Fraca – Vídeo Completo (Youtube)

Industria do Leite Explicada em 5 Minutos pela Erin Janus – Vídeo Completo (Youtube)

Indústria da Lã Exposta pela Erin Janus – Vídeo Completo em Inglês (Youtube)

 

Alce Mundo